Economia

Indústria tcheca Tatra Trucks amplia investimento em Ponta Grossa

Apesar de retardar implantação devido à pandemia, montadora de caminhões europeia operará com duas estruturas na cidade
(Foto: Fábio Matavelli)

A montadora de caminhões Tatra Trucks, sediada na República Tcheca, confirmou a sua instalação em Ponta Grossa já no ano passado, quando também selecionou vinte jovens estudantes da cidade para estagiar por um ano na Europa a fim de aprender o funcionamento da empresa e atuar na unidade brasileira com uma carga de experiência. A pandemia do novo coronavírus atrasou os planos da fábrica, já que uma determinação do seu país de origem impossibilitou viagens ao Brasil, mas no final do mês uma equipe de executivos deve vir ao Paraná para fechar o protocolo de intenções com o Estado e oficialmente ampliar o projeto do complexo industrial, que contará com duas plantas na cidade.

A informação foi revelada pelo secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional (SMICQP), José Loureiro. “A Tatra alugou um barracão de seis mil metros quadrados e solicitou a construção de outro ao lado dele, já que está vindo com mais uma fábrica, de caminhões bélicos, que inicialmente iria para o Paraguai”, afirmou o secretário.

Segundo o gestor público, a empresa aguarda apenas a vinda dos executivos para finalizar o processo de abertura de CNPJ e então enviar os equipamentos para iniciar a operação. Inicialmente foi anunciado que o investimento da Tatra na unidade de Ponta Grossa – a primeira fora da República Tcheca – seria de R$ 600 milhões; questionado sobre se esse valor se mantém e quantos empregos serão gerados, Loureiro disse que demais informações devem ser anunciadas no dia da assinatura que oficializa a instalação da indústria, reunião que deve ser realizada em cerca de um mês, ainda sem data definida.

Pista de teste

José Loureiro também comentou com a reportagem do DC que a Tatra investirá em uma pista de testes para os caminhões que serão produzidos na unidade. “A área fica no Distrito Industrial, perto da Crown Embalagens, e também será liberada à população, como para ‘jipeiros’, por exemplo”, afirmou.

Relação com a DAF

A Tatra Trucks foi fundada em 1850 na República Tcheca e um dos seus maiores acionistas é o Grupo Paccar, dono da DAF – que está consolidando um grande complexo em Ponta Grossa, incluindo unidade fabril, a instituição financeira Paccar Financial, inaugurada no ano passado, e um dos 18 centros mundiais de distribuição da Paccar Parts, inaugurado na semana passada.

 

Tatra também deverá integrar o Parque Ecotecnológico

Pertencente à SMICQP, o Parque Ecotecnológico de Ponta Grossa funcionará em uma área de 736 mil m² próxima à Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), sendo quase a metade destinada à instalação de incubadoras tecnológicas em um único espaço, permitindo a atuação de setores de tecnologia, pesquisa e inovação.

As instituições que já tiveram suas instalações formalizadas são a Frísia Cooperativa Agroindustrial, KMM Engenharia de Sistemas e Sebrae que, juntas, devem gerar pelo menos 190 empregos diretos. O Parque faz parte do projeto “Cidade do Conhecimento”, que abrigará ainda o Instituto Federal do Paraná (IFPR) e novas unidades de pesquisa da UTFPR e da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Conforme anunciado anteriormente pelo DC, o local vinha sendo sondado pela DAF Caminhões e pela Tatra Trucks para receber investimentos das montadoras voltados à pesquisa e inovação – e a informação foi novamente confirmada pelo secretário José Loureiro, que afirma que a Tatra deverá investir no Parque após a conclusão da implantação da sua unidade fabril.